Igreja de Nossa Senhora do Resgate

(Cabula)

A primitiva Capela de Nossa Senhora do Resgate foi construída por Natal Cascão, no século 16, no atual bairro do Cabula.

A Paróquia de Nossa Senhora do Resgate, que possui uma igreja matriz de arquitetura contemporânea, foi fundada em 20 de janeiro de 1983, desmembrada da Paróquia de São Gonçalo do Retiro.

As terras do atual bairro do Cabula foram doadas por Thomé de Sousa a D. Antonio de Ataíde, o 1º Conde da Castanheira (1500?-1563). O Conde arrendou as terras para Natal Cascão, que então construiu a Capela.

Alguns autores citam que a primitiva Capela, do século 16, seria a atual Igreja da Assunção. Existe uma igreja com essa invocação na Paróquia Ceia do Senhor (Cabula VI), de construção contemporânea.

É possível que a atual Igreja Matriz de Nossa Senhora do Resgate tenha origem na Capela do Santíssimo Coração de Jesus, fundada pelo padre Francisco Gomes de Souza, em 8 de setembro de 1820, e que poderia ter mudado gradativamente de nome, como explicado na página específica para aquela Capela.

No artigo Extinctas Capellas da Cidade do Salvador, (1929), os autores citam que a Capela de Nossa Senhora do Resgate foi edificada no local da Capela do SS. Coração de Jesus.

Entretanto, Braz do Amaral, na Nota 69, vol. V, das Memórias de Accioli, publicada em 1937, afirmou que a Capela do SS. Coração de Jesus passou depois a ter a invocação de Nossa Senhora do Resgate.

A mudança de consagração de uma igreja é um procedimento estranho à tradição católica. Mesmo quando a igreja é assumida por um outra congregação, a invocação original da Igreja é mantida. É verdade, entretanto, que a tradição popular tem um poder quase infinito.

 

 

 

Acima, fachada da atual Igreja Matriz de Nossa Senhora do Resgate, na Rua Silveira Martins (fonte Google street view).

Embaixo, o altar-mor do mesmo templo (divulgação).

 

 

Igreja Resgate Cabula

 

Paroquia Resgate

 

◄ Igrejas da Bahia

 

 

 

Igrejas Salvador

 

 

 

 

Copyright © Guia Geográfico - Antigas igrejas da Bahia.