Igreja de São Bartolomeu de Pirajá

 

Copyright © Guia Geográfico - Patrimônios Históricos da Bahia

 

A primitiva igreja de Pirajá teve origem no século 16, numa margem da ribeira de Pirajá, segundo Theodoro Sampaio. Acredita-se que o padre Vicente Rodrigues, um dos primeiros jesuítas no Brasil, tenha pregado na igreja.

A paróquia de São Bartolomeu de Pirajá foi fundada em 1608. O primeiro pároco foi o padre Manuel Serrão.

No século 18, a igreja encontrava-se em estado precário. O padre Francisco Batista da Silva, vigário da Paróquia, solicitou ao vice-rei, na Bahia, a reedificação do templo, na colina próxima, provavelmente o local atual.

A igreja é mantida atualmente pela Congregação dos Filhos do Amor Divino. Destaca-se a imagem de Nossa Senhora da Piedade, uma bela escultura do século 18, no alto mor, o Senhor Morto, o Senhor dos Passos e São Bartolomeu.

Fica na praça General Labatut, em Pirajá. É um local de grande importância histórica, ao lado do Panteão de Labatut. Aqui também reuniu-se a resistência à segunda invasão holandesa, em 1638.

 

Salvador Bahia

 

Piraja

 

Acima, o Cruzeiro e a Igreja de São Bartolomeu.

Embaixo, vê-se, à direita, o Panteão de Labatut.

 

 

◄ Igrejas da Bahia

 

Igreja Piraja

 

 

Igrejas Salvador

 

 

 

Divulgação